Publicidade
Publicidade

02/06/2022 07:03h - Porto Velho - Sérgio Pires

Por que forças tão poderosas não conseguiram ainda arrancar Bolsonaro da sua cadeira no Palácio do Planalto?

Opinião de Primeira por Sérgio Pires.

Os recados que, todos os dias, ministros do STF e do TSE mandam ao Presidente da República (porque não há outro alvo) e os duríssimos ataques da oposição, que não aceita, três anos e meio depois, a derrota nas urnas, em 2019, deixam claro que Jair Bolsonaro está enfrentando as maiores forças, unidas contra uma só político, em toda a recente história do país. Desde o primeiro dia do seu governo, a partir de setores aparelhados em praticamente todos os setores da vida nacional, Bolsonaro foi alvo de uma oposição agressiva e sem limites, desde as Universidades até instituições antes consideradas isentas, em questões políticas, mas que, parte delas aparelhadas, partiram para uma oposição radical. Quando Bolsonaro desmentiu todos os institutos de pesquisas, ganhando uma eleição em que ele era gozado e ironizado, como o “sem chances”; quando cortou os milhões de verbas públicas que jorravam para manter a grande mídia falando bem do poderoso do momento; quando cortou benesses e vantagens de políticos de todas as cores, sabia que seria alvo da fúria generalizada. E foi. Seus inimigos têm feito de tudo (inclusive depois de tentar matá-lo, através de um ato de um louco, antes mesmo da eleição), para defenestrá-lo. Em uma situação normal, Bolsonaro já teria voado há muito do cargo que ocupa, tantos e tão poderosas são as forças que o querem fora da política, do poder e da vida pública. Essa união chegou a um patamar inacreditável, ao ponto do Supremo Tribunal Federal ressuscitar um condenado em pelo menos três instâncias, colocando-o de novo no contexto da disputa presidencial, porque é, sem dúvida, o único com condições pessoais e políticas de derrotar o atual Presidente, nas urnas. O que não deu certo, no planejamento para derrubar Bolsonaro, já que as forças contra ele, nos meios da política e em vários outros setores da sociedade são tão fortes e, aparentemente imbatíveis? Certamente nenhuma dessas forças contavam com tantos brasileiros apoiando o atual mandatário do país. Quando milhões começaram a ir para as ruas, cantando o Hino Nacional e vestindo verde e amarelo; quando multidões vociferaram, em praticamente todas as cidades do país, que apoiam o governo e seu principal governante; quando as oposições só ganharam grandiosidade nos gabinetes, jamais nas ruas, ficou claro que ele só poderia ser derrotado no tapetão. Agora, é essa a batalha. Todas as pesquisas já dão vitória a Lula. Há quem acredite, há quem considere quase uma heresia, com base na realidade do país, atualmente. Mas a grande meta continua sendo tirar Bolsonaro do poder, antes da eleição. Antes da eleição de outubro. Mesmo com as pesquisas dando vitória consolidada a Lula. Então, assim está o clima político do nosso Brasil, hoje rachado ao meio! A VIOLÊNCIA QUE NOS CERCA, OS TRIBUNAIS DO CRIME E A ESCRAVIDÃO IMPOSTA DE DENTRO DAS CADEIAS A violência sangrenta tomou conta da periferia de Porto Velho. Em uma semana, perto de uma dúzia de mortes. Sete delas em pouco mais de 24 horas. Da meia dúzia de crimes ocorridos num só dia, o mais terrível deles foi o do caso de um filho acusado de ter assassinado a própria mãe. Todos os demais assassinatos foram praticados numa guerra de facções, certamente sob decisões de “tribunais” da morte, existentes dentro dos presídios. Parece filme de terror, mas não é. Presos comuns são cooptados por organizações criminosas. Dentro das cadeias são escravizados. Quando saem, são obrigados a cumprir as ordens emanadas dos chefões. Quem não as cumpre já sabe: terá vida muito curta. Com a atual legislação, quem manda nas cadeias são os presos. As autoridades precisam se adequar, porque, dependendo de como reajam, podem ser acusadas de desrespeitar os direitos humanos dos facínoras, dos assassinos, dos bandidos, dos que impõem o terror à sociedade. O resto, todos já sabemos como é a história. A escravidão, que vem com o poder de vida e de morte dos poderosos chefões dos presídios, que mandam dentro e fora deles, inclui também os familiares daqueles que estão sob propriedade do crime. Não é por acaso que muitas mulheres são obrigadas a levar drogas para dentro das cadeias e, claro, acabam sendo pegas. Para esta gente, escrava da fúria do crime, não existe Lei Áurea. MULHERES EM DESTAQUE: REPUBLICANOS SE REÚNEM COM PRESENÇA DE DAMARES, PARA LANÇAR MARIANA CARVALHO AO SENADO Dois importantes encontros políticos vão ocorrer nos próximos dias, um em Ariquemes e outro em Porto Velho. Na próxima quinta-feira, dia 9, o Republicanos, presidido no Estado pelo presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Alex Redano, recebe a ex-ministra Damares Alves (candidata ao Senado pelo Distrito Federal) e os membros do partido, além da militância, para um importante encontro regional. Na oportunidade, o Republicanos vai oficializar a candidatura de Mariana Carvalho, recém ingressada na sigla, como o nome para o Senado Federal. Aliada de primeira hora ao projeto de reeleição do governador Marcos Rocha, o Republicanos lança Mariana, atendendo, aliás, orientação do Palácio do Planalto. Tanto o Presidente da República como o senador Flávio Bolsonaro querem que seja a atual deputada, quem vá concorrer com o aval deles. O partido terá uma forte relação de candidatos à Câmara Federal (como o sempre bom e voto, o ex-deputado Lindomar Garçon), além do deputado Anderson Pereira, entre outros e, ainda, uma nominata considerada de primeira para a Assembleia, liderada pelo próprio Redano, que concorrer a um terceiro mandato. Mariana Carvalho deixou o PSDB depois de 25 anos, para ingressar no Republicanos, que lhe ofereceu a vaga ao Senado. Ela é considerada uma candidata entre os nomes mais fortes que disputarão a vaga. AVANTE RECEBE PRESIDENCIÁVEL E ANUNCIA QUE QUER ELEGER UM DEPUTADO FEDERAL E DOIS ESTADUAIS Já no dia 16 (uma quarta-feira), será a vez do Avante, partido presidido no Estado pelo deputado Jair Montes, realizar seu encontro regional. A princípio agendado para acontecer na Assembleia Legislativa, a reunião contará com o presidente nacional da sigla, o deputado federal Luis Tibé e a atração especial será o candidato do Avante à Presidência, André Janones, mineiro e também deputado federal. Segundo o deputado Jair Montes, seu partido irá com uma nominata completa tanto para a disputa ao Congresso quanto à Assembleia Legislativa. Para a Câmara Federal, Montes destaca nomes como os do advogado Breno Mendes, que já disputou a Prefeitura de Porto Velho e, mesmo sem estrutura, teve uma votação considerada muito boa; dr. Welisson, da região de Nova Mamoré; o médico dr. Silmar, de Ji-Paraná; Daiane do Singeperon; Pedrinho, vereador de Vilhena e mais outros que serão anunciados em breve. Para a Assembleia, o presidente regional diz que conta com pelo menos 40 nomes, para selecionar os 25 que entrarão na disputa pelo partido. Além do próprio Jair Montes, que concorre a mais um mandato, estão na relação o ex-deputado da região central do Estado, Adriano Boiadeiro; vereador Saldanha, de Candeias do Jamari; Edmilson Dourado, vereador de Porto Velho; Chiquinho do Táxi, da Capital e a vice-prefeita de Guajará Mirim, Mary Grenemann, entre muitos outros. Segundo Montes, a meta do partido é eleger ao menos um deputado federal e dois estaduais. O senador do Avante, que o presidente regional reputa de um nome dos mais fortes, é o ex-juiz de Direito Léo Fachin. FÁTIMA CLEIDE, ALESSANDRA LUNA E GERMANO VICENTE: NOMES QUENTES DO PT PARA A CÂMARA FEDERAL Já o Partido dos Trabalhadores teve que mudar alguns dos planos para a eleição de outubro. Com a Federação de partidos de esquerda, o grupo petista decidiu apoiar Vinicius Miguel, do PSB, para o Governo e entrará com o candidato a vice, o ex-deputado federal Anselmo de Jesus. Já em relação ao Senado, o partido abriu mão de um dos seus nomes mais promissores, o de Ramon Cujuí, pronto para a disputa, porque optou também, na federação de partidos, por apoiar o ex-governador Daniel Pereira, que também, como Vinicius, reunirá em torno de si várias siglas da chamada Frente Popular. Na Federação, o PT, maior partido entre o grupo, vai apresentar pelo menos nove nomes para a Câmara Federal. O grande destaque do partido é, claro, a ex-senadora Fátima Cleide, que já foi uma das mais destacadas figuras da política regional. Para se ter ideia do poder de Fátima, no início dos anos 2000, ela teve nada menos do que 220 mil votos, sendo eleita a primeira mulher senadora de Rondônia. Outras duas personalidades estarão na relação petista de buscar cadeiras na Câmara Federal: Alessandra Luna, da Fetagro e, ainda, o ex-prefeito de Ministro Andreazza, Germano Vicente. Na Federação entram dois candidatos do PC do B: Samuel Costa, de Porto Velho e João Abelhão, agricultor de Mirante da Serra. No pacote, faltam ainda os nomes do PV, outro partido que faz parte da parceria esquerdista. TRIBUNAL DE JUSTIÇA TEM NOVO DESEMBARGADOR: FRANCISCO BORGES CHEGA AO CARGO POR MERECIMENTO Oito magistrados da Comarca de Porto Velho, todos com vidas dedicadas à causa da Justiça e com biografias das mais respeitáveis, concorriam à vaga de Desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia. No final da escolha, foi eleito para o posto, por merecimento, o juiz Francisco Borges, que ocupará a vaga na 2ª Câmara Criminal, aberta em fevereiro deste ano, com a aposentadoria da desembargadora Marialva Bueno. A votação teve início após a manifestação do relator, desembargador e corregedor-geral da Justiça, José Antônio Robles. Ao final do julgamento, que resultou na promoção, o presidente do TJRO, desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, destacou o empenho dos pares em analisar, de forma minuciosa, os critérios que garantem a pontuação. “O resultado esboça a qualidade dos magistrados de Rondônia”, ressaltou, declarando que os votos somam mais de 500 páginas. O novo Desembargador, Francisco Borges Ferreira Neto, começou sua carreira na magistratura como juiz substituto, tomando posse no cargo no dia 1º de setembro de 1992, na comarca de Vilhena. Passou pelas comarcas de Presidente Médici e Pimenta Bueno até chegar Porto Velho, em 1998. É bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Bauru, com pós-graduação em Direito Penal e em Segurança Pública pela Universidade Federal de Rondônia, MBA em Poder Judiciário e em estudos avançados sobre o crime organizado e corrupção, pela Escola da Magistratura de Rondônia. É, também, um magistrado dos mais respeitados entre tantos grandes nomes da magistratura rondoniense. NOVA HABILITAÇÃO TEM MUITAS NOVIDADES, MAS O LADO RUIM DA NOTÍCIA É QUE VÃO NOS ARRANCAR AINDA MAIS GRANA Chegou a nova Carteira de Habilitação. Com novo formato, novas cores, recheada de novas informações. Pode ser, a partir de agora, tirada de forma física ou apenas para uso digital ou as duas coisas. De acordo com a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), o documento ficará “mais moderno”. Foi também incorporado um código internacional utilizado nos passaportes, que permite ao condutor, embarcar em terminais de autoatendimento nos aeroportos brasileiros. Como terá informações impressas em inglês e francês, além do português, o documento facilitará o uso em outros países. A substituição da CNH não é obrigatória. Ela será implementada de forma gradual para novas habilitações, na medida em que os condutores venham a renovar ou emitir a segunda via do documento. A nova versão da carteira trará uma tabela para identificar os tipos de veículos que o condutor está apto a conduzir, bem como informações sobre o exercício de atividade remunerada do motorista e possíveis restrições médicas. A nova CNH adotará nova cor. Além do verde, terá também o amarelo e novos elementos gráficos para dificultar a falsificação e fraudes. O documento terá um QR Code. Tudo isso é o lado bom da notícia. O lado ruim é que, a nova Habilitação é mais uma forma de arrancar dinheiro do pobre contribuinte, cujos bolsos já estão arrebentados de tanta grana que nos arrancam. OCB HOMENAGEIA 155 PRODUTORES POR ATUAÇÃO LIGADAS AO COOPERATIVISMO, NA RONDÔNIA RURAL SHOW Trabalhadores da agricultura familiar e autônomos, foram devidamente reconhecidos e homenageados pelo Sistema OCB/RO, durante a 9ª edição da Rondônia Rural Show Internacional, com a entrega do certificado “Sou Agente de Desenvolvimento “, aos profissionais que atuam diariamente na comunidade, fomentando a economia local. Ao todo, 155 pessoas foram beneficiadas. Para o presidente do Sistema OCB/RO, Salatiel Rodrigues, as medidas adotadas são de extrema importância para valorizar o serviço realizado por esses trabalhadores. “A certificação vem para reconhecer e exaltar o trabalho desses profissionais que acabam não recebendo tanto apoio quanto os grandes produtores. Nos esforçamos muito para conseguir equipar a todos com aquilo que estava ao nosso alcance, isso é cooperação. Juntos nós cooperamos com o crescimento do estado. Juntos somos mais fortes”, destacou. Depois de dois anos parada, a Feira Internacional, considerada uma das maiores da região norte, bateu recorde de público e movimentações financeiras e, o estande do Sistema OCB/RO no evento, buscou orientar a população que deseja constituir uma cooperativa, expôs os produtos produzidos pelas cooperativas do ramo agropecuário, prestou apoio às cooperativas presentes no evento e desenvolveu atividades de interação com o público. PERGUNTINHA O que você achou das declarações do ex-presidente Lula que acusa o atual presidente Jair Bolsonaro de ser líder miliciano e de ser o responsável pelo assassinato da vereadora Mariele Franco?
Publicidade

Fonte: Sérgio Pires

Publicidade

Notícias relacionadas