Rondônia, 21 de setembro de 2017

NOTÍCIAS

10/01/2017 14:13

Porto Velho

Dr Hildon visita creches em obras e determina conclusão

São seis creches, cujas obras se arrastam desde a gestão do prefeito Roberto Sobrinho

 Dr Hildon visita creches em obras e determina conclusão

Pais e mães que precisam trabalhar e não tem onde nem com quem deixar suas crianças em idade de quatro e cinco anos poderão contar, ainda este ano, com cerca de 2.100 novas vagas nas creches municipais. Na tarde de segunda-feira (9) o prefeito dr Hildon Chaves, acompanhado do secretário municipal de educação, Zenildo de Souza Santos e do adjunto Marcos Aurélio Marques, inspecionou as instalações das novas creches nos bairros Novo Horizonte e Areia Branca.

São creches padrões do Ministério da Educação, com salas de aula, refeitório, banheiros com chuveiros, área de recreação, com capacidade para atender até 350 crianças cada. Desse mesmo modelo, existem seis em Porto Velho, cujas obras tiveram início em 2012, no último ano da gestão de Roberto Sobrinho. Depois disso, foram mais quatro anos de obras durante a administração passada e mesmo assim nem uma criança foi atendida até agora.

O prefeito dr Hildon determinou ao secretário que sejam agilizadas as providências para a conclusão das seis creches. Embora ainda não esteja mobilizada e não tenha funcionado nem um dia sequer, no bairro Novo Horizonte a creche já foi entregue à comunidade e tem até nome: Ronilza Cordeiro Afonso Dias, em homenagem a uma falecida professora da rede municipal.

A diretora Idelúcia Marinho foi autorizada a acompanhar a data da chamada escolar para coloca-la em funcionamento no início do ano letivo tanto o pré I quanto o pré II. Para corrigir uma distorção no quadro de pessoal, dr Hildon sugeriu a realização de estudo para a contratação de estagiários. Isso porque no quadro, há professores, mas não cuidadores de crianças.


Fonte:Comdecom



 Dr Hildon visita creches em obras e determina conclusão


Últimas notícias

Carregando...

Comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...