Publicidade
Publicidade

18/01/2022 15:39h - Porto Velho - Política

Deputado cobra congelamento do IPVA 2022 em Rondônia; aumento chega a quase 40% no imposto

Picape Strada terá aumento de 30% do IPVA 2022 em Rondônia.

O deputado federal Léo Moraes (Podemos), usou as redes sociais nesta terça-feira (18), para cobrar o congelamento do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) em Rondônia, segundo o parlamentar, pode ter um aumento de quase 40% para caminhonetes. “O Governo de Rondônia VETOU um Projeto de Lei que congelaria os aumentos no IPVA 2022. Ou seja, o mesmo valor do imposto cobrado em 2021 iria ser cobrado em 2022.”, escreveu o deputado. Para ilustrar o tamanho do aumento do IPVA 2022 em Rondônia, o deputado postou uma montagem na qual mostra um carro popular Gol Trendline ano 2018 que em 2021 o IPVA foi de R$ 1.112,79, e será de R$ 1.404,18 para o IPVA 2022, um aumento de 26%. Uma caminhonete modelo Hilux SRX 2020, em 2021 o IPVA foi de R$ 6.001,41 e para o IPVA de 2022 será de R$ 8.251,98, aumento de 37,5%. Outro carro utilizado pelo parlamentar, foi uma picape, veículo bastante utilizada pelos produtores rurais do estado, a picape Strada, que passará a ter um aumento de 30% no valor do imposto anual. Em 2021, o IPVA da Strada Adv. 2020, saiu a R$ 2.025,51, e para 2022, o IPVA está na casa de R$ 2.639,73. Segundo o parlamentar, sem o veto do governo, os proprietários de veículos pagarão um imposto acima da inflação, devido os preços dos carros usados terem subidos em virtude da pandemia do coronavírus. “Com o veto, o IPVA 2022 aumentou e muito, comparado ao IPVA 2021, para os veículos usados. Isso porque houve uma valorização acima da inflação, quando comparamos com o ano de 2020, uma vez que desde o início da pandemia as montadoras tiveram dificuldades com a falta de componentes para a fabricação dos veículos novos, valorizando assim os veículos usados”, disse ele. Ainda de acordo com o deputado, ele busca por meios jurídicos para que o governo congele o preço do IPVA 2022. “Estamos atuando juridicamente para que seja congelado o IPVA 2022, e que os valores do tributo sejam iguais ao do ano de 2021, pois da maneira que está os proprietários de veículos estão totalmente prejudicados com mais uma despesa absurda”. “O governador precisa legislar para a população, assim como os governadores de Mato Grosso e Minas Gerais, que permitiram o congelamento do IPVA”, pontou Léo Moraes.
Publicidade

Fonte: Jornal Rondoniavip

Publicidade

Notícias relacionadas