Rondônia, 13 de dezembro de 2017

NOTÍCIAS

13/05/2017 08:39

Porto Velho

Governador e pensador Confúcio Moura “previu” ciberataques mundiais

Governador destacou em encontro do PMDB a falta de privacidade das pessoas e as guerras que são travadas entre os países no mundo virtual.

Governador e pensador Confúcio Moura “previu” ciberataques mundiais

Felipe Corona
Especial para o Rondôniavip

No último dia 22 de abril, durante um encontro do PMDB em Ariquemes, o governador e pensador nas horas vagas, Confúcio Moura, “previu” inconscientemente a onda de ciberataques que ocorreu em mais de 90 países, incluindo o Brasil, na última sexta-feira (12) .

Um dos principais afetados foi o sistema de saúde do Reino Unido, o NHS, onde dezenas de pacientes de clínicas e hospitais tiveram que voltar para casa e consultas foram canceladas. Outros relatos apontam o Ministério do Interior da Rússia, a empresa espanhola Telefónica (que também opera no Brasil) e a gigante americana de encomendas expressas FedEx também foram afetadas.

No Brasil, houve relatos de falhas nos sistemas dos Tribunais de Justiça de São Paulo e Minas Gerais, além de prejudicar o expediente do próprio Ministério Público de São Paulo.

Em Rondônia, ocorreu problemas no frigorífico Marfrig, em Chupinguaia, cuja matriz fica em São Paulo. De acordo com informações conseguidas pelo Rondôniavip, o sistema da empresa ficou inoperante por conta do problema mundial com os ciberataques.

Discurso

Confúcio começou sua exposição de pensamentos falando de desemprego. “A discussão envolvendo a tecnologia começa com o desemprego. Como é que vamos falar disso quando ela, em muitos casos, causa isso nas pessoas? Muitas transações bancárias são feitas pelo computador, que já substitui muitas tarefas. Com essa grande revolução tecnológica, ninguém sabe como serão os próximos 10, 20 ou 30 anos. Antigamente, telefone celular era difícil. Lembro da época em que eu era deputado. Quem nos deu o primeiro celular, foi o hoje presidente Michel Temer. Era uma festa. Computador era um só para os deputados. Eram filas e filas para se fazer um ofício. Hoje, a tecnologia está aí. Você chama um táxi, um Uber, em poucos minutos, aparece um rapaz com um carro na sua frente, de terno e gravata e já te oferece água”.

O governador também disse que o acesso à informação já está disponível a qualquer pessoa em qualquer canal, o que resulta em falta de privacidade e em uma guerra virtual. “Hoje, o meu discurso, o meu pensamento já está cadastrado no Google. Só ter acesso à internet. Você tem uma conversa com um amigo, suas mensagens ficam armazenadas. Assim como os russos entraram nos computadores do Pentágono, os americanos controlam a preferência das pessoas. Tudo está baseado nos algoritmos. Você acha que tem privacidade, mas é um engano. A sua vida está devassada”, destacou Moura.

Por fim, Confúcio apontou que o mundo está mudando e que muitas guerras são mais ideológicas e por luta por poder. “Estamos vivendo um grande dilema envolvendo o Estado Islâmico, que leva o terror para diversos países, onde muitas pessoas fogem apenas com a roupa do corpo e deixam tudo para trás em busca de paz. Há 60 anos, você via um desenho do mundo. Hoje, você vê outro desenho. Vemos o Trump querendo construir um muro para separar os Estados Unidos do México. Na Venezuela, o Maduro comandando um governo baseado no socialismo que não é o correto. Na França, a Marine Le Pen, ultradireitista, com chances de ganhar. Aqui no Brasil, o Michel Temer com dificuldades de governar. Temos que nos unir para combater tudo isso e fazer com que tenhamos um país e um mundo melhor. Uma forma melhor de fazer política”.


Fonte:Rondoniavip





Últimas notícias

Carregando...

Comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Notícias relacionadas

Carregando...
Carregando...